[RESENHA] Corretivo Lock-It Tattoo – Kat Von D

cor-0050

Eu estou sempre em guerra com minhas olheiras. São muito escuras e genéticas, ou seja, as mais difíceis de diminuir.
Quando descobri que todos os produtos da Kat Von D tinham sofrido alterações na composição e virado veganos, corri para comprar esse corretivo. Foi o mais caro que já comprei na vida, diga-se de passagem. Porém resolvi comprar porque, já que ele promete esconder tatuagens, acreditei que fosse capaz de esconder minhas olheiras também.

cor-0051

Ele é líquido, mas não é uma água. É um líquido bem “cremoso”, inclusive. 😛 Ele espalha muito fácil, como líquido, mas não é um daqueles que escorregam e não tampam nada. PORÉM, deixem eu dar uma dica aqui. Caso um dia faça muito calor ou você esqueça no carro, ele pode “derreter”, e vai virar água SIM. Não entre em pânico: bata bastante a embalagem na palma da sua mão, vai espremendo a embalagem em todas as direções e NÃO DESISTE. Ele volta pra consistência normal.

Como não tenho aquela coragem de mostrar as olheiras maravilhosas aqui, vou mostrar pra vocês como ele cobre minha tatuagem. Vale ter em mente que é uma tatuagem NOVA, tem menos de 3 meses, então ainda está bem pretinha.

cor-0048

Deixei nas fotos a quantidade de produto que usei em cada tentativa, também, para vocês terem uma idéia melhor. A cor é um pouquiiiinho diferente do meu braço, porém no rosto fica mais certinho, já que meu rosto é um pouco mais rosado.

resenha lock it tattoo

Na foto parece que cobriu ainda mais que na realidade, mas não funcionou tããão bem assim não. Cheguei inclusive a fazer uma terceira tentativa, e ainda assim não cobriu tudo. Acredito que depois de umas 5 aplicações do corretivo ele poderia cobrir, mas na terceira já ficou com aparência de “muito produto” (mesmo que tenha sido apenas um pouco de cada vez, bem espalhados). Ah, espalhei com o dedo mesmo, dando batidinhas.
Como a intenção desse corretivo era cobrir tatuagem, ele pecou um pouco. Talvez porque existam outros produtos dessa linha que usados juntos cubram melhor.
Nas olheiras: Ele é bem ok para olheiras, mas sempre testei ele usando base de cobertura média~alta. Não cobre tuuudo, mas também nunca tentei fazer A MAKE pra sair pra balada com ele ainda, daquelas que a gente carrega mesmo. Nunca passei mais que uma camadinha, então acredito que sim, se você quiser uma maquiagem mais carregada, dá para usar ele com mil camadas para cobrir as olheiras até ficar gata! Só que vale lembrar que tenho olheiras absurdas, então para as olheiras comuns, isso aqui deve ser uma belezinha. Sem contar que ele rende. E como rende.
A durabilidade dele é ótima se você não for alérgico e ficar esfregando os olhos (tô querendo demais?). Em compensação, para tirar, eu tenho que passar demaquilante, lavar o rosto mil vezes… Ele jamais vai sair só com água! Pra tirar da tatuagem, lavei duas vezes com sabonete líquido esfregando bastante e depois passei lenço umidecido de bebê ainda esfregando para poder tirar todos os restinhos que insistiam em ficar lá – e saiu ainda mais do que eu imaginei que tivesse.

Custou R$139,00 na Sephora, e pelo preço eu esperava um pouquiiiiinho mais.

Já usaram? Qual o mehor corretivo que vocês já usaram? Estou à procura do corretivo perfeito 😛

Anúncios

[RECEITA] Esfiha Vegana

Olá 🙂

Esse ano tirei um tempo para decidir qual caminho levaria o blog. Senti falta daqui, sim, mas eu tinha tantas idéias – e muitas que eu nem conseguia colocar em prática – pro blog, que achei que ele estava um pouco sem foco. Depois de pensar muito, resolvi focar ele em resenhas de produtos, comidas e receitas, porém, tudo vegano. “Ahhhh que chato, não sou vegana”. Veja bem, você sabe que muitas vezes o pão que você comeu no seu café pode ser vegano? E até mesmo aquele pó da vult baratinho que te quebra um galho na make? Uma bolacha que você vai lanchar hoje? Pois é, querida, então a intenção aqui é facilitar a vida dos veganos e abrir a cabeça dos onívoros mostrando que não é tão complicado assim 😉

Chega de mimimi!

A receita de hoje é algo que eu não comia desde que fiz a transição de ovo lacto para vegetariana, e sempre quis fazer! Esfiha! Nunca tinha feito por achar que era difícil, mas me surpreendi. É muito fácil mesmo!

IMG_2723

Vou ensinar a fazer apenas a massa. O recheio depende de você, belezinha? 😀

Ingredientes:
2 xícaras de farinha de trigo
1 colher de sopa de fermento biológico seco
3 colheres de sopa de açúcar
1 colher de chá de sal
4 colheres de sopa de óleo (usei de soja)
3/4 de xícara de água morna
Fubá para untar

Modo de Preparo:
Misturar os secos (exceto, claro, o fubá), depois os líquidos e sovar. Eu fui adicionando um pouco mais de farinha na massa aos poucos até que ela parasse de grudar na mão. Depois, coloquei em um pote para descansar e tampei com um pano de prato até dobrar de tamanho. Mais ou menos uns 40 minutos.
Polvilhei fubá na pedra onde abri a massa e fui cortando. Como nunca tinha feito isso, rendeu apenas 15 esfihas pequenas, e perdi bastante massa. Recomendo que você faça bolinhas separadas e vá abrindo redondo, ou abra toda a massa e corte, assim perde menos.
Dica: Abra BEM a massa, deixe bem fininha!
Eu enrolei os cantinhos da massa (de um jeito bem feinho, mas que ficou lindo depois de assado) e coloquei o recheio dentro (brócolis, no caso). Polvilhei fubá na forma que levei ao forno também, deixei o forno pré-aquecendo a 180º, e deixei as esfihas até ficarem douradinhas (acredito que de 10 a 15 minutos).

Como eu disse, apesar de parecer difícil, é bem fácil de fazer e já planejo fazer sempre. O único lado chatinho seria o tempo de espera para a massa descansar. Mas enquanto descansa, da pra ver série, que tal? 😉 Enquanto eu cortava, meu namorado fez o recheio, então foi bem prático e não precisamos de muito tempo na cozinha para fazer!

Se fizerem, comentem aqui embaixo contando se deu certo e o recheio que usaram! Quero idéias! 😉
Tem alguma receita que vocês gostariam de saber se dá para adaptar? Que nunca encontraram?

Espero que tenham gostado e que participem dessa nova fase do Wondercat 😉